Busca

Petra Mafalda

Fotografia, cultura e arte.

Saguis pela cidade

Em uma pauta que fiz hoje no Bem Estar Animal sobre os cachorrinhos para adoção, me deparei com essa família de macaco.O sagui é uma espécie de macaquinho bem comum no Norte e Nordeste do Brasil, e foi levada de forma clandestina para o Sul do país.

Atualmente ele é uma “praga” em Florianópolis. E o porquê? É que o sagui destrói o ninho dos pássaros para comer os ovos. Mas alimentar o bicho em casa não ajuda não. Pelo contrário: eles podem transmitir doenças e, com comida de sobra, se reproduzem ainda mais rápido.

No Norte e Nordeste, o sagui tem predadores, mas no Sul não. Por isso, eles se multiplicaram sem controle na ilha de Santa Catarina. Hoje, nem os órgãos ambientais sabem ao certo quantos são. E nem o que fazer com eles.

Mas cá entre nós… É tão bonitinho heim?

saguis-794saguis-802saguis-805saguis-790saguis-804saguis-798

Balneário Estreito, que saudade.

Nestas fotos que vou posto aqui, era simplesmente o quintal da minha casa.

Todos os dias ia andar pela areia da praia e pensar sobre os projetos, os amores e as coisas que poderia fazer. E tem como não viajar para outra dimensão com um lugar desses.CÉU-789CÉU-789-2

Sobre este dia, nem sabia o que estava por vir e aonde iria parar. Olho para trás e vejo tanta mudança que ocorreu… Todas drásticas. Umas dolorosas e outras intensas e boas.

A vida deu tantas voltas. E quando voltei para o ponto de partida, que foi esta praia. Eu vi que o tempo continuava o mesmo. Nós que mudamos. E como… mudamos!3

Gosto de pensar, que o que mais me fez mudas, foram as nuvens, que trouxeram a energia que precisava para os novos desafios.5

4

E espero meus amigos que estas imagens, lhe tragam boas novas e inspiração, para os novos desafios.

 

Um beijo imenso.

Retratos do cotidiano

Uma das cenas mais comuns. Seria uma cena que chocaria, porém é algo rotineiro na grande cidade de Florianópolis.

Não é somente uma crítica as autoridades e sim, principalmente, para a sociedade. Que cada vez mais acha normal ver um moribundo deitado em meio a rua.

Fico em todas as vezes que registro uma cena dessa, chocada com o ar de desdenho de pessoas que passam por perto.

Ouço geralmente: é um vagabundo

Ou: não soube agarras as oportunidade….

E penso. Será? Que realmente esse pré julgamento foi o que se passou ao certo?

Me limito ao registro, assim a minha foto não vira somente um quadro para embelezar paredes e sim um momento de pensar, sobre o rumo de nossas consciências e de nossos julgamentos. Sem tetos-789

Avaí faz show na Ressacada

No meu último sábado, o Avaí venceu o Ceará por 4×2 pela 4º rodada do campeonato brasileiro série B, no estádio Ressacada em Florianópolis.

Aquele jogo que me tirou o folego e rendeu boas vendas.

10
Foto: Petra Mafalda

O jogador William do Avaí, marcou três belíssimos gols em seqüência. Foi simplesmente no piscar de olhos que o leão fez a arquibancada a loucura.

12.jpg

Era um delírio fotografar essa partida, do ponto de vista fotográfico, existia uma energia no campo.

avaixceara_ae9
William o craque da partida Foto: Petra Mafalda
avaixceara_folha6
Foto: Petra Mafalda

Por mais jogo deste tipo, cheio de gols e cheio de espírito esportivo.

avaixceara_folha17.jpg

avaixceara_odia19
Foto: Petra Mafalda

Os tons de Maio

Pelo centro da cidade o céu molda o Mercado Público.

 

geral 2-791vão mercado público-794geral 2-789vão mercado público-796

Winter is coming…

 

Gosto de dizer que o tempo é bom para o madurecimento.  Com isso digo que ele realmente agiu para que eu voltasse a reativar este blog.

Com o incentivo de uma pessoinha, voltei a delirar por imagens e palavras.

Quero muito encher vocês de conteúdo digno de suspiros, espero que agrade.

2014-04-16 11.50.43

Um beijo daqueles

 

Relíquias de Florianópolis

Normalmente faço diversas pautas por semana, e nem sempre são pautas que enche de orgulho. Porém, quando me deparo com aquela que conta um pouco sobre a história do seu povo, me da muita honra de registrar.

Nesta segunda-feira, por volta das 11h fui até o bairro Bella Vista em São José e registrei junto com a minha colega da secom, Aline Rebequi, uma das relíquias de Florianópolis.

Dois canhões provavelmente do século 18, encontradas durante a restauração da Casa da Câmara e Cadeia, estão sendo preparadas para serem apresentadas ao final das obras, neste segundo semestre. Uma delas pesa mais meia tonelada.

Depois de entregue, o prédio irá se transformar no primeiro Museu da Cidade. Somente os materiais que estão sendo retirados do local e tratados pelos arqueólogos já resultariam em uma bela exposição. Os canhões foram encontrados em outubro do ano passado, enterrados nos fundos da Casa da Câmara e Cadeia, e desde lá seguem em tratamento. As peças irão permanecer em tratamento até outubro, quando o procedimento completa um ano. Depois, farão parte das exposições fixas do Museu da Cidade.

Quando ficarem prontos a sociedades vai ter a oportunidade de ver de perto.

 

Blog no WordPress.com.

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: